GRUPO ABRIL

Grupo Abril

Imprensa

Releases

Abril Gráfica recebe, internacionalmente, certificação de responsabilidade socioambiental

09h46 11/04/2019

Há onze anos, o Grupo Abril conquistou pela primeira vez o reconhecimento internacional da Certificação Florestal por meio do selo Forest Stewardship Council Internacional (FSC). Em 2010, a empresa também recebeu o selo Program for the Endorsement of Forest Certification Schemes (PEFC). Desde então, a renovação da certificação ocorreu ininterruptamente, e acaba de ser conquistada mais uma vez pela empresa. “A manutenção dessas certificações ao longo de todos esses anos é uma amostra da seriedade em relação às questões socioambientais”, considera Michele Morais, da Diretoria de Suprimentos.

O objetivo dos dois selos é reconhecer as empresas que reduzem ao mínimo possível o desperdício de matéria-prima, a perda da biodiversidade das matas e os impactos negativos nas comunidades que ficam próximas às áreas de extração, bem como garantir a regeneração da vegetação desses territórios. “O consumidor está cada vez mais exigente e consciente sobre a procedência do produto que consome”, comenta a responsável pela Certificação na Abril.

Durante a auditoria, os responsáveis pela certificação analisam todo a cadeia de custódia da Gráfica. “Dentro do nosso processo produtivo, checa-se a rastreabilidade do papel certificado utilizado nas impressões, desde a compra até a expedição do produto final. Os auditores analisam documentos e realizam entrevistas e visitas nas áreas envolvidas, a fim de atestar que as práticas de gestão adotadas respeitam os rígidos padrões internacionais”, explica.

Com essa nomeação, a Abril mostra o cuidado não só com o seu processo produtivo, mas com toda a sociedade, já que, além do pilar econômico, a organização também analisa questões sociais e ambientais. “A Certificação Florestal, além de ser um diferencial e fortalecer o valor da marca junto ao consumidor, também demonstra a responsabilidade da Abril Print em utilizar matérias-primas provenientes de florestas com manejo responsável”, complementa.